Centro de Inovação do SESI desenvolve projeto voltado para o setor da construção civil

← Voltar para as notícias

30/11/2018   11h47

O Centro de Inovação do SESI em Economia para Saúde e Segurança do Trabalho, liderado pelo SESI Ceará, está desenvolvendo um projeto voltado para Indústria da Construção Civil. O objetivo é estudar o “modelo de fatores de produtividade” para elaborar uma ferramenta tecnológica que mensure a produtividade das obras. Para tanto, serão analisados fatores como  mão-de-obra, equipamentos e ferramentas, organização da produção, características do produto, acidentes de trabalho, fatores de riscos no trabalho, fatores ergonômicos, dentre outros. Em 2019, a ferramenta será testada em empresas em São Paulo e Ceará.

“Acreditamos que a criação desta ferramenta possa auxiliar as construtoras a planejar sua produção, mitigar fatores que impactam na produtividade e na saúde e segurança do trabalhador”, esclarece o coordenador do Centro de Inovação do SESI, Bruno Simões.

O projeto utilizará pesquisas qualitativa e quantitativa para analisar os impactos operacionais na otimização da produção, auxiliando na tomada de decisão dos empresários na gestão da obra. No “Modelo de fatores de Produtividade”, serão identificadas as principais variáveis de Saúde e Segurança do Trabalho que estão relacionadas com o processo produtivo e quais têm maior correlação entre si. Com base nas informações aferidas, as construtoras poderão direcionar seus investimentos em SST de forma assertiva, impactando diretamente os custos gerais de seus empreendimentos.

 

Saiba mais
São oito Centros de Inovação em todo o Brasil. Ao Ceará, coube traçar estratégias de abrangência nacional para o tema Economia para Saúde e Segurança. Desde 2016, o CIS desenvolve produtos que estão mudando a visão dos empresários sobre os custos com saúde e segurança.

Conheça mais sobre os produtos do CIS:
Consultoria para redução dos custos com saúde e segurança: assessoria a empresas para avaliação do retorno de investimento em saúde e segurança e análise de valor agregado, com recomendação de ações e desenvolvimento de indicadores para diagnóstico e utilização de calculadora de gestão de custos.

Workshop sobre gestão de custos da saúde e segurança: disponível na modalidade in company, com cursos customizados para empresas, com duração de 72h, voltados para executivos e líderes, sobre temas relacionados a custos em saúde e construção de plano de ação; ou na modalidade open workshop, com um curso de duração de 4h, ministrados nas dependências do SESI, com conteúdos divididos por relevância para grupos setoriais da indústria.